XCOM

ESG_blog XCOM

Descubra o que é ESG e o papel da comunicação corporativa na implementação

Por Viviana Toletti, sócia-diretora da XCOM

Criar uma agenda que promova um relacionamento contínuo com todos os stakeholders, de forma a construir e gerar mudanças positivas na percepção da empresa, dos colaboradores e fornecedores, dos acionistas, dos consumidores e dos demais públicos diretos e indiretos é, talvez, o principal desafio da comunicação corporativa interna e externa de marcas que se preocupam com sua longevidade e valor. 

A pandemia ampliou, para empresas de todos os portes e segmentos, a necessidade não apenas de atuarem dentro de seus propósitos, mas de compreenderem seu papel dentro de um ecossistema mais amplo. Ou seja, agora, a visão se expande para além do crescimento nas vendas e na geração de lucro: está em jogo sua relevância social e, no limite, sua perenidade. 

Então, afinal, o que é ESG?

Em inglês para Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG (Ambientais, Socias e de Governança), esse novo conceito tem sido usado para destacar práticas de negócio e investimento relacionados aos altos padrões de governança ambiental, social e corporativa. 

O termo surgiu após a publicação Who Cares Wins, realizada pelo Banco Mundial em parceria com o Pacto Global da ONU e com instituições financeiras de nove países. O ESG é indicado como uma novidade e tendência no mercado pós-Covid-19 na medição do impacto social e sustentabilidade para empresas ou negócios a partir de um investimento.

De acordo com a pesquisa “Board governance during the Covid-19 crisis: Análise dos Resultados Brasileiros” do Global Network of Directors Institutes (GNDI) e Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), o ESG será prioridade dos boards após a pandemia.

Entre os 1.964conselheiros que responderam às perguntas, 85% acreditam que, a longo prazo, as empresas darão maior foco a questões de meio ambiente e sustentabilidade e geração de valor para stakeholders. Outras tendências relevantes apontadas são a necessidade de reposicionamento dos negócios e o aumento na competição por talentos. 

Essa tendência deve fluir pelas diferentes vertentes organizacionais através de novos planos estratégicos e de comunicação. O objetivo é integrar os novos valores à rotina de pensamento e ação de cada corporação em que a resiliência das empresas, gestores e colaboradores que enfrentaram e passaram pela crise se mostrou um asset fundamental. A sustentabilidade pode ser definida como uma prioridade para os próximos anos.

Para que o ESG seja funcional, as companhias precisam de líderes inovadores, capazes de fomentar a criatividade em todas as frentes de ação. Esses devem ser capazes de se comunicar de forma clara e transparente com os diferentes públicos e criar um ambiente de confiança mútua, para que ocorra a valorização consistente da marca e gere uma narrativa coerente, sólida e duradoura. 

A boa comunicação corporativa é fundamental, portanto, para que a implementação do ESG aconteça de forma vibrante e efetiva, gerando engajamento, fomentando cooperação e respeito, em um processo de evolução e aprendizado coletivo.

Quer saber mais sobre ESG e o impacto na reputação das empresas e como a comunicação pode oferecer esse suporte? Acompanha as redes sociais da XCOM:
– Instagram: https://www.instagram.com/xcom_agencia/
– LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/xcom-agencia/
– Facebook: https://www.facebook.com/XCOM.AGENCIA